quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

DEVO APRENDER PARTE-2

2ª PARTE


Devo melhorar meu amor próprio...
Para que a partida de quem amo, não me faça sentir desprezado , humilhado , rejeitado.
Para não ser tão sencível ao abandono, para não terminar acreditando que me abandonaram ou não continuou comigo por não atingir expectativas , e poder aceitar que simplesmente funcionou o tempo necessário.
Devo aceitar que agradar a alguém hoje não garante que agrade amanhã, e não tenho porque me ofender se aceito isso...
Se aceito que as vezes as pessoas não podem dar mais.
Se aceito que quem está comigo também tem direito de não estar assim como eu também tenho esse direito.
Se aceito que quem amo , tem direito a tomar suas próprias decisões, ainda que não me satisfaçam.
Devo recordar que as vezes, as coisas boas se obtem esperando e que pressionar estraga tudo. Por isso é necessário ter paciência, esperar tranquilamente e recordar...
Que a impaciência é produto de impulso emocional, por isso logo passára.
Que pressionar pode se converter em falta de respeito .
Que tomar uma decisão enquanto estou impaciente é perigoso, por que estou influênciado por um estado emocional extrêmo e perco toda objetividade , e aí não está minha verdade , está meu impulso, minha compulsão e poderia fazer algo que me arrependa.
Ademais se sou paciênte não verei a espera como sofrimento .
Devo aprender a não ser posessiva. Que se alguém vai embora , não é perder um pertence que gostava muito.
Meu parceiro não é meu, é emprestado e ¨seu dono¨ tem direito a levá-lo quando quiser.
E ainda que ¨ser dono¨de alguém nos dê mais segurança que (tê-lo) emprestado, devo entender que é uma ilusão. Ainda que acredite ser meu, não é, por tanto...
Não posso decidir sobre a vida de quem esta comigo.
Não posso esperar que atue só de acordo aos meus desejos.
Não devo controlar, manipular, possuir-lo , nem decidir seu destino.
Não devo reclamar com a vida por me fazer devolver o que me emprestou.
Mas acima de tudo...
Devo aprender, que nunca deixarei de aprender , e enquanto continuo aprendendo , devo me permitir viver e sentir.
E agora que começo a compreender, recuperar as experiências vividas, graças a nem sequer haver aprendido que ainda falta muito por aprender .
O único restante a fazer é, no meio de umas quantas lágrimas, respirar fundo e dizer a mim mesmo...
Bom amigo... voltemos a começar!

12 comentários:

Canto do Lufa disse...

Não acredito em regras!

O relacionamento é o que é.

Cada um é diferente do outro

A vida nos ensina isso!

Não pdoemos deixar a pessoas montar e também não podemos montar por completo.
O relacionamento é o equilíbrio.

Ele ocorre naturalmente!

Mr. Ziggy disse...

Fico realmente feliz por você estar se ouvindo e aprendendo com isso. Uma atitude muito sábia a sua, que só vai te conduzir a caminhos de luz e a relacionamentos bons e sadios. Aliás, isso se refletirá em qualquer área da sua vida. E desejo que isso seja constante, sabe? Busque sempre extrair da vida (até mesmo dos momentos mais desesperadores) algo que te edifica, que te faça aprender e ser alguém melhor. Isso é bom demais! E, por mais que não a conheça, fico bem com isso. De coração.
Beijos,
Zy

Erica disse...

Não creio em regras
e cada um deve respeitar o outro!

Roberta Albano disse...

acho que isso que você escreveu é a oração que tomas as pessoas pensam antes de dormir.
é o jeito mais certo de se viver
mas o importante é se controlar
voce pode sentir o que quiser se conseguir controlar o que sente

Nina Aubasi disse...

É isso menina !
Não existe ninguém certo pra gente ,
e nem sempre estamos procurando a coisa certa !

^^

Beatriz disse...

Nossa, sigo regras como essa a todo instante e acredite, não é bom, você se transforma um robo humano, estou aprendendo a não segui-las agora!

AYLA disse...

Gente não se trata de regras e sim de uma reflexão para aprender a respeitar o direito dos outros incluindo seu parceiro.
Acho que vcs sacaram mal a idéa do texto.

˟ dααy Imhof disse...

belo texto, ; parabeens!

Carioca disse...

se nao tivesse o amor, essa dor, o sofrer, o chorar...melhor era td se acabar =)

http://raciocinioquebrado.blogspot.com/

KGeo disse...

bem eu n tenho nada a dizer que eu nunca estive em um relacionamento

Rodox disse...

Texto profundo! Um relacionamento por si só já dificil! realmente as regras neste quesito nao existe... O importante é haver sentimento mutuo para ambas as partes e acima de tudo harmonia! e tudo q temos q aprender é saber que ninguem é de ninguem e apartir disso temos a pessoa na eternidade.

¨¨Édna¨¨ disse...

Oi...
Eu acho o teu blog muito bom. Sempre venho aqui dar um olhada.
Dessa vez estou passando pra te avisar que tem um presentinho pra ti lá no meu blog!!!
bjs...